Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




calendário

Março 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031

Pesquisar

 



Links

Ministério da Saúde

Medicina Dentária no Moçambique

Blogs do Moçambique





Doenças da Gengiva

Terça-feira, 09.03.10

Se a placa não for removida regularmente dos dentes, incluindo as áreas abaixo da linha gengival, ela pode irritar, levando à doença na gengiva. Escovação e limpeza regular entre os dentes são essenciais para ajudar a prevenir a doença na gengiva.

Como a placa causa doenças nas gengivas?
As bactérias da placa produzem toxinas que podem irritar a gengiva e causar dano aos dentes. O estágio inicial da doença na gengiva é chamado de gengivite. Trata-se de uma inflamação na gengiva que pode causar inchaço, sensibilidade e sangramento quando da escovação ou do uso de fio dental.

Quem corre o risco de doenças na gengiva?
As doenças na gengiva podem afetar qualquer grupo etário, incluindo as crianças. Entretanto, afetam com maior freqüência os adultos. Na verdade, por volta de três dentre quatro adultos com idade superior a 35 anos têm alguma forma de doença na gengiva no momento ou a tiveram no passado. Seu risco de ter doença na gengiva aumenta se você fuma ou tem certos problemas de saúde. Assim, é fundamental manter seu dentista informado sobre sua saúde geral.

O que eu devo fazer se achar que tenho gengivite?
Felizmente, com cuidados bucais apropriados todo dia e visitas regulares ao dentista, você pode ajudar a prevenir que a gengivite se desenvolva ainda mais. Ela é melhor prevenida e, na maioria dos casos, rapidamente curada seguindo-se uma rotina de remoção de placa todo dia - trata-se de um processo de duas etapas de escovação com escova de dentes com cerdas macias e limpeza entre os dentes. Juntas, essas etapas previnem que placa se forme nas superfícies dentais e sob a linha gengival. A gengivite não é uma condição permanente. Ela pode ser revertida, pois não ocorre nenhum dano permanente no osso que sustenta os dentes.

O que é periodontite?
Se deixada sem tratamento, a gengivite pode progredir para uma forma mais severa de doença na gengiva chamada periodontite ou doença periodontal. A periodontite provoca danos no osso e na gengiva que sustentam os dentes. Uma vez que a periodontite é desenvolvida, o dano não pode ser revertido: apenas um programa de tratamento profissional e um nível aumentado de cuidados bucais diários em casa podem evitar que piore. Se você tiver periodontite, seu dentista lhe fornecerá um programa individualizado para a manutenção de seus dentes e gengiva a fim de deter o progresso da doença. A Uma vez que foi comprovado que nossas escovas de dentes elétricas removem mais placa do que uma escova de dentes manual, você pode melhorar seu nível de higiene oral, o que é um fator crítico no controle da doença na gengiva.

A quais sintomas eu devo estar atento?
A periodontite pode inicialmente ocorrer sem muitos sintomas visíveis, portanto exames dentais regulares são essenciais para um diagnóstico prematuro. Sintomas comuns da periodontite são gengivas vermelhas e inchadas que começaram a se afastar dos dentes, criando bolsas. Isso está freqüentemente associado com sensibilidade dental, uma sensação de pressão intensa entre os dentes ou sangramento quando da escovação ou do uso de fio dental. Em estágios mais avançados, você pode ter recessão gengival, cárie radicular, pus entre os dentes e gengivas, e amolecimento ou eventual perda dos dentes.



Como eu ajudo a prevenir o desenvolvimento da periodontite?
Adotando uma rotina completa de cuidados bucais, você pode ajudar a evitar a periodontite - aqui estão algumas dicas úteis:

 

  • Escove completamente seus dentes duas vezes ao dia com uma escova com cerdas macias e creme dental com flúor - preferivelmente de manhã após o café e antes de dormir
  • Limpe entre seus dentes diariamente a fim de remover placa de áreas que sua escova de dentes não consegue alcançar Visite seu dentista regularmente - pelo menos uma vez a cada seis meses, para limpeza e exame
  • Evite fumar
  • Os dentistas recomendam que você troque sua escova de dentes pelo menos a cada três meses ou antes se a escova de dentes parecer gasta, pois pesquisa mostra que uma escova de dentes nova consegue remover mais placa do que uma com três meses de uso.

"Para ter uma boa saúde geral, visite seu Médico Dentista regularmente"

Autoria e outros dados (tags, etc)

Saúde Bucal para os Bebês

Terça-feira, 09.03.10

 

 

 

 

Além das indiscutíveis propriedades físicas, nutricionais e psicológicas do leite materno, a amamentação é importante para a saúde bucal do bebê. Mamando no peito, o bebê respira pelo nariz e é obrigado a morder, avançar e retrair a mandíbula. Isso propicia o correto desenvolvimento muscular e esquelético da face, possibilitando a obtenção de uma boa oclusão dentária.

Os cuidados com a higiene bucal devem começar a partir do nascimento do bebê. No recém-nascido, a limpeza deve ser feita com uma gaze ou fralda umedecida em água limpa para remover os resíduos de leite. Com o nascimento dos primeiros dentes (por volta dos 6 meses), a fralda deve ser substituída por uma dedeira. Aos 18 meses, com o nascimento dos primeiros molares decíduos, a higiene deverá ser realizada com uma escova dental infantil sem creme dental ou com um creme dental sem flúor. O creme dental fluoretado só deverá ser utilizado a partir dos 2 ou 3 anos de idade, quando a criança souber cuspir completamente o seu excesso.

A cárie é uma doença transmissível. O Streptococcus mutans, bactéria causadora da cárie, pode ser transmitido da mãe para o filho pelo contato direto. Por isso, não se deve soprar a comida do bebê nem experimentá-la com o talher dele, pois é possível transmitir a ele essas bactérias.

A primeira visita ao dentista deve ser feita ainda na gestação. O ideal é que a mãe faça uma consulta para receber as orientações necessárias para manter a correta saúde bucal do seu filho. Independentemente da consulta da gestação ter sido realizada, a primeira consulta do bebê deve ser por volta dos 6 meses, coincidindo com o nascimento do primeiro dente decíduo. Preferencialmente, a consulta deve ser realizada com o odontopediatra, pois é ele o profissional habilitado a fazer esse primeiro atendimento.

A cárie de mamadeira é uma cárie de desenvolvimento rápido (aguda), que provoca dor e dificuldade de alimentação, determinando perda de peso e de estatura. É provocada pela ingestão de líquidos açucarados na mamadeira, principalmente durante a noite, sem que seja feita a higiene bucal posterior.

Quando for trocar a mamadeira pelo copo, e houver preocupação de o bebê não tomar mais leite a mãe deve ter alguns cuidados.Todo processo de remoção de hábitos deve ser lento e gradativo. Antes de remover a mamadeira, é necessário ter certeza de que seu filho sabe e gosta de tomar líquidos no copo. Para isso, primeiramente substitua apenas uma mamadeira pelo copo (geralmente, inicia-se pela mamadeira da tarde). Quando perceber que seu filho está tomando todos os 250 ml anteriormente oferecidos na madeira, no copo, substitua a mamadeira da manhã. No momento em que ele estiver ingerindo 500 ml de leite por dia no copo, a mamadeira da noite deverá ser substituída. Esse processo pode durar de 2 a 6 meses, dependendo da criança, por isso, o ideal é que ele seja iniciado um pouco antes dos 2 anos de idade. Para facilitar o processo, pode-se usar os copos com tampa, também chamados de copos de transição.

Para remover a chupeta, deve-se reduzir o seu uso a cada dia. Comece utilizando-a moderadamente, somente quando a criança estiver adormecendo. Quando a criança dormir, lentamente, remova a chupeta da boca e guarde-a. Nunca deixe a chupeta em correntes penduradas no pescoço ou ao alcance da criança. É a mãe que deve administrar as horas de uso, e não a criança. Assim, cada dia ela usará a chupeta um pouco menos até reduzir completamente o seu uso, o que deve ocorrer por volta dos 2 anos de idade.

Dr. Caio Racy

"Para ter uma boa saúde geral, visite seu Médico Dentista regularmente"

Autoria e outros dados (tags, etc)

Registre-se na 1000expert