Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Veja o vídeo e Registre-se na 1000EXPERT



calendário

Março 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031


Pesquisar

 



Links

Ministério da Saúde

Medicina Dentária no Moçambique

Blogs do Moçambique






Os implantes evoluiram e hoje possibilitam:

Domingo, 25.10.15

tiposimp.jpg

 



1) Reabilitações Unitárias:

Quando existe a perda de apenas um dente. Neste caso o implante dentário, que é um pilar de titânio (material biocompatível), é implantado no tecido ósseo maxilar e irá realizar a função da raiz natural dos dentes.

Atualmente conseguimos devolver na grande maioria dos casos a função e a estética na região onde o dente foi perdido.

O resultado é melhor quanto mais próximo o momento da implantação em relação ao tempo de perda do dente, assim como à permanência da integridade óssea de suporte do dente extraído.

Realizada a cirurgia dos implantes ( na grande maioria dos casos, exceto carga imediata) eles devem permanecer inativos dentro do tecido ósseo para que haja a união superficial do implante com o osso (osseointegração).

2) Reabilitações Múltiplas - Ponte fixa:

Neste tipo de reabilitação há a necessidade de serem implantados um maior número de implantes.

O correto seria que houvesse um implante para cada dente perdido, porém é possível fazer uma espécie de ponte sobre os implantes com coroas protéticas a fim de diminuir os custos do tratamento. Entretanto, neste caso a sobrevida do tratamento também é diminuida. Os implantes são diferentes para cada caso, tanto em design, marca, quanto em custo.
Cabe ao especialista capacitado escolher o implante certo para o seu caso.
Quando a perda dos dentes é completa e o paciente usa um "dentadura", ele pode receber três tipos de tratamento: Overdenture, Protocolo Branemark e Prótese total fixa.

 3) Reabilitações Múltiplas - Overdenture:

Para um indivíduo que perdeu todos os dentes esta é a opção de menor custo, entretanto é uma prótese que requer uma manutenção trimestral, tornando-a de valor igual ou superior às demais ao longo prazo.

A overdenture é composta de uma barra metálica fixa que une os implantes, e sobre essa barra, através de "clipes" ou encaixes específicos, uma prótese total semelhante a uma dentadura é encaixada. Esses clipes sofem desgaste, pois possibilitam a remoção para a higiene e nova inserção da prótese. Os clipes depois de gastos necessitam serem trocados, essas trocas são frequêntes e são necessárias para que a prótese volte a ficar firme. Esse tipo de prótese gera um custo de manutenção à cada troca de clipes, que ocorre aproximadamente a cada três meses.

Com a overdenture conseguimos devolver firmeza na mastigação, estética e ela é muito favorável à higienização uma vez que pode ser removida, higienizada e fixada pelo próprio paciente.

 4) Reabilitações Múltiplas - Protocolo Branemark:

Uma ampla prótese acrílica é parafusada aos implantes dentários através de uma barra metálica no seu interior que compõe a prótese protocolo. Diferente da overdenture, esta prótese não é removível, ele fica retida e fixada aos implantes. Ela proporciona a reabilitação oral, devolvendo função e estética, principalmente em casos de perda óssea mais severos onde parte do tecido ósseo de suporte foi perdido. Entretando ela necessita de maiores cuidados na sua higienização. Por não ser removível a sua limpeza é mais complexa e deve ser realizada com dispositivos especiais como escovas interdentais, unitufo, waterpeak e passa fio, alé de profilaxias frequêntes empregadas pelo cirurgião dentista capacitado.

Nos caos onde a protocolo é aplicada, o fato do paciente ter uma perda considerável de tecido ósseo faz com que a barra metálica fique no fundo da boca, podendo ser na maxila ou na mandíbula, onde ela é presa, e quando o paciente sorri o lábio não permite sua visualização, tornando a estética favorável ao sorriso.

 5) Reabilitações Múltiplas - Ponte fixa de porcelana:

Quando o paciente perdeu todos os dentes, entretanto o tecido ósseo que suportava os dentes (osso alveolar) não foi perdido com as extrações ou absorvido pelo proprio organismo por diversas causas, a prótese multipla de porcelana pode ser aplicada.
Esse tipo de prótese oferece uma grande estética devido ao brilho e ao polimento superficial proporcionado pela porcelana. A durabilidade e a resistência à abrasão no processo de mastigação é muito maior. Como desvantagem essa prótese oferece o custo que é muito mais elevado quando comparado às próteses confeccionadas à base de resina acrílica, como a overdenture ou a protocolo.

"Para ter uma boa saúde geral, visite seu Médico Dentista regularmente"

Autoria e outros dados (tags, etc)

Vocabulário dos Implantodontistas

Sábado, 24.10.15

implan1.jpg

 



As palavras empregadas pelos implantodontistas nem sempre fazem parte do nosso vocabulário. Por isso, selecionamos os termos mais empregados por esses especialistas e montamos um miniglossário.

Assim, você vai poder conhecer o significado dessas palavras e se comunicar sem dificuldades.

- Carga Imediata       

Trata-se de um tipo de procedimento cirúrgico em que o implante é colocado e, imediatamente, encaixa-se uma prótese provisória ou definitiva sobre o implante.

Há casos em que não é possível realizaresse tipo de procedimento e a prótese só é instalada sobre o implante após sua cicatrização.

- Enxerto Ósseo
       
Trata-se da colocação de osso em uma região a partir da retirada de osso de uma área doadora. Quando o paciente apresenta uma grande perda óssea, recomenda-se que, antes da realização dos implantes, faça-se um enxerto.

Normalmente, o osso doador localiza-se em outrasáreas da boca do paciente ou então em outras regiões do corpo, tais como crânio, costelas, tíbia e bacia (osso ilíaco).

-  Ilíaco     

É o nome do osso da bacia. No caso dos enxertos ósseos, o líaco costuma ser bastante utilizado como osso doador.

- Implante

São cilindros ou parafusos de titânio colocados na boca do paciente e que funcionam como a raiz de um dente. Graças a esses pinos de titânio, os dentes artificiais (próteses) instalados sobre os implantes são capazes de exercer um papel semelhante ao dos dentes naturais, proporcionando, por exemplo, segurança durante a mastigação.

- Titânio     
Metal que, em sua forma sólida e pura, não sofre corrosão. Além disso, o osso é capaz de se integrar ao titânio, reconhecendo-o como parte de sua estrutura, sem que
ocorra qualquer tipo de rejeição.


- Osseointegração

É a capacidade do osso de se integrar ao titânio, reconhecendo o metal como parte de sua estrutura, sem que ocorra rejeição.

-  Prótese

É o nome que se dá aos dentes artificiais que são colocados no lugar de um dente natural. Há próteses removíveis, fixas e próteses suportadas por implantes.


-  Prótese Removível    

São as famosas "pontes móveis", que podem ser empregadas para
substituírem apenas alguns dentes (nesse caso, os dentes naturais adjacentes servem de apoio) ou todos os dentes (caso das dentaduras).

Quem usa essas próteses precisa removê-Ias diariamente para higienização.



- Prótese suportada por Implante
    
Há dois tipos de próteses suportadas por implantes: as provisórias e
as definitivas. Ambas são instaladas sobre os implantes, com a diferença de que a prótese provisória permanece na boca do paciente
apenas durante o período de cicatrização do implante. Depois, é substituída por uma prótese fixa.


-  Perda óssea

Processo que tem início a partir do momento em que umdente natural
é removido, quer seja por causa de um acidente, de uma cárie, de um traumatismo ou por qualquer outro motivo. O tecido ósseo vai"sumindo", ou seja, vai sendo reabsorvido pelo organismo.

Fonte - http://www.asses.com.br/odontologia/principal_odonto.htm

"Para ter uma boa saúde geral, visite seu Médico Dentista regularmente"

Autoria e outros dados (tags, etc)

Implantes dentários outras questões

Quinta-feira, 22.10.15

impdent2.jpeg

 


1- Quais os riscos cirúrgicos?
Mínimos. A cirurgia é feita normalmente com anestesia local e é muito mais simples que outros procedimentos cirúrgicos odontológicos, como a extração de um dente incluso, por exemplo. O pós-operatório é muito bom e a maioria dos pacientes não relata qualquer incômodo maior.


2- Quanto tempo dura um Implante? Qual a chance de dar certo?
Pode-se afirmar que 94% dos casos, se os Implantes não forem perdidos nos dois primeiros anos de uso, durarão toda a vida. Estudos demonstram que Implantes de boa procedência apresentam taxas de sucesso acima de 90% no maxilar superior e, 96%, no inferior.


3- Do que depende o sucesso do Implante?
De vários fatores, mas o principal é a observância do protocolo (receita completa de como e quando se faz o Implante). É necessário que o profissional seja meticuloso e treinado na técnica.


4- Por que ocorrem os insucessos?
• Por má indicação do tratamento,
• Por técnica cirúrgica inadequada.
• Por fatores biológicos inerentes aos pacientes.
• Por maus cuidados por parte do paciente.


5- Qual o tempo gasto para se fazer um Implante?
Tomemos por exemplo um Implante unitário. Para se fazer a implantação leva-se aproximadamente 20 minutos, mesmo que tenhamos que fazer a extração do dente condenado imediatamente.


6- Para se fazer um Implante é necessário internação?
Não. De maneira alguma. O Implante é uma manobra rotineira que se enquadra dentro do dia-a-dia do consultório.

 

7- Para se fazer um Implante zigomático é necessário internação?

Sim.A cirurgia para instalação dos implantes nestas áreas é realizada em ambiente hospitalar, sob anestesia geral, a mesma será realizada por um médico anestesista altamente capacitado. O paciente, na maioria das vezes, realiza a cirurgia pela manhã e é liberado do hospital no fim da tarde. Se a cirurgia for realizada à tarde, o paciente dorme no hospital e é liberado na manhã seguinte.

 

8- O Implante Dentário pode falhar?
Dentro da Ciência Médica/Odontológica, não se pode prever com exatidão o sucesso ou insucesso de determinada intervenção, pois existem muitos fatores que podem influenciar negativamente no Implante Dentário, como por exemplo:

• hábitos anormais com os dentes (bruxismo, hábito de fumar cachimbo, morder objetos como caneta, etc);
• diabetes; higiene oral precária; gravidez;
• doenças infecciosas, transmissíveis e outras.


9- Qual o índice de falha do Implante Dentário?
O Implante Dentário é realizado no mundo inteiro, tendo uma estatística de casos de falência de aproximadamente 6%, mas isto não impede que seja colocado outro Implante no local e que este tenha sucesso absoluto.


10- Quais são as vantagens do Implante Dentário?
Inúmeras são as vantagens dos Implantes Dentários. Os Implantes permitem a confecção de elementos dentais que parecem ser mais naturais e dão maior segurança ao paciente.

Os Implantes podem substituir próteses fixas, removíveis, ainda se tem a vantagem de manter a integridade dos dentes vizinhos.

Os Implantes Dentários estimulam o osso alveolar (como a raíz dental) mantendo a integridade e função do mesmo.



"Para ter uma boa saúde geral, visite seu Médico Dentista regularmente"

Autoria e outros dados (tags, etc)

Registre-se na 1000expert




Flag Counter