Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Veja o vídeo e Registre-se na 1000EXPERT



calendário

Março 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031


Pesquisar

 



Links

Ministério da Saúde

Medicina Dentária no Moçambique

Blogs do Moçambique






Pessoas diabéticas podem passar por tratamento dentário?

Terça-feira, 19.04.16

diabedente.jpg

 

As pessoas que têm Diabetes, seja do Tipo I ou do Tipo II, necessitam de cuidados especiais. Mantenha seu Médico Dentista informado sobre qualquer alteração em seu estado de saúde, e sobre os medicamentos que estiver tomando. Não é recomendado passar por qualquer procedimento dentário se a taxa de açúcar no sangue não estiver controlada, exceto em caso de emergência

Sabemos que a prevalência do Diabetes vem aumentando gradativamente nos últimos anos. Isso é uma tendência mundial. Os maus hábitos alimentares da população, em conjunto com o sedentarismo e a obesidade são fatores predisponentes para o Diabetes mellitus do tipo 2.

O diabetes é um dos mais graves problemas de saúde pública. Isso é uma tendência mundial. Os maus hábitos alimentares da população, em conjunto com o sedentarismo e a obesidade são fatores que faz causam o aparecimento do Diabetes, que é considerado hoje como sendo uma das principais causa de morte no mundo, superada apenas pelas doenças cardio-circulatórias e câncer (O.M.S., 1991).


Você sabia que:

- A cada 100 pessoas de 7 a 9 tem diabetes.
- É uma doença silenciosa e não contagiosa.
- Você pode ter diabetes e não saber.
- Se descoberto e tratado a vida do paciente pode ser saudável e normal.

 

No consultório dentário algumas manifestações orais e físicas podem dar pistas sobre o diabetes:

- Redução do fluxo salivar, a boca seca (xerostomia): causando úlceras, queilites, queiloses e língua fissurada.
- Infecções oportunistas: manifestações virais (herpes simples recorrente) e fúngicas (candidíase)
- Neuropatias: aumento de algias em língua e mucosa.
- Alterações vasculares
- Abscessos recorrentes
- Hipocalcificação de esmalte
- Hálito cetônico
- Aumento súbito do número de cáries
- Doença periodontal de difícil controle
- Relatos de perda de peso brusca, fraqueza, cansaço e alterações na visão

Para os pacientes que já possuem o diagnóstico de Diabetes é prudente fazer a aferição da glicemia antes de cada atendimento.

O médico dentista também deve ter o conhecimento sobre o horário da última refeição, qual foi a última refeição e que tipo de insulina o paciente toma. Isto fará diferença para saber se a glicemia está controlada ou não no momento da consulta.

Para procedimentos que envolvam sangramento, sugere-se o uso de antibioticoterapia profilática, e para procedimentos mais invasivos o uso de antibióticos de 2 ou 3 dias antes do procedimento dentário.

Para atendimento de pacientes com diabetes gestacional, os cuidados se assemelham ao atendimento de pacientes gestantes levando se em conta a taxa de glicose no momento do atendimento. Neste caso é importante que o profissional médico dentista esteja em contacto com o médico que acompanha gestação.

Procure seu médico dentista de 6 em 6 meses para uma revisão, se você possui algum tipo de Diabetes estas revisões devem ser de 3 em 3 meses.Se você tem diabetes, siga os seguintes passos:

- Verificar e mantenha controlada a sua glicemia no sangue.
- Escovar os dentes e usar fio dental todos os dias, principalmente antes de se deitar.
- Ir ao dentista regularmente a cada 3 meses. Não se esqueça de lembrá-lo que você tem Diabetes.
- Diga ao seu médico dentista se sua prótese não estiver confortável, se está com alguma sensibilidade ou se as suas gengivas estão doloridas.
- Se você fuma, procure parar! Fumar no seu caso pode agravar ainda mais a doenças bucais. O seu médico ou médico dentista podem ajudá-lo.

 

"Para ter uma boa saúde geral, visite seu Médico Dentista regularmente"

Autoria e outros dados (tags, etc)

Cirurgia Oral (Ortognatica)

Sexta-feira, 07.05.10
Cirurgia Ortognática: correção de um caso de prognatismo mandibular. Cabe ao cirurgião planejar e executar as modificações das bases ósseas. O tratamento poderá ser finalizado pelo ortodontista.


 

A Cirurgia Ortognática é a sub-especialidade da cirurgia bucomaxilofacial que reune um grupo de procedimetos cirúrgicos que tem como objetivo principal a correção de deformidades dento-faciais, resultantes de algum tipo de falha no posicionamento sastisfatório das arcadas dentárias e ossos da face em relação à base do crânio interferindo na aparência estética dos pacientes e comprometendo muitas vezes o funcionamento correto dos maxilares.
As deformidades dento-faciais apresentam-se em dois tipos de classes principais, descritas na literatura científica, são elas:

Micrognatismo: A mandíbula (parte inferior) é muito pequena em relação a maxila (parte superior), este tipo de transtorno facial está na maioria das vezes relacionado com ronco noturno. Esta deformidade é conhecida como Classe II, de Angle.

Prognatismo: A mandíbula é maior do que a maxila. Esta deformidade é conhecida como Classe III, de Angle.
Excessos ou deficiências horizontais de maxila A maxila tem excesso ou redução no comprimento e/ou na largura, isto é, está fora do padrão no plano horizontal, podendo estar muito para frente ou para trás e ser muito larga ou muito estreita; ou conter duas dessas discrepâncias, simultaneamente.

A avaliação destas deformidades inicia-se com a observação cuidadosa da face. Em seguida de uma série de exames de imagem (fotografias, slydes, radiografias e tomografias) complementam o exame clínico trazendo dados pertinentes a estrutura óssea, além de documentar o caso para acompanhamentos posteriores. Programas de computador analisam as radiograifas e auxiliam a observação e medida entre pontos do crânio e da face indicando suas relações, são chamadas: cefalometrias computadorizadas.

A Cirurgia Ortognática é realizada em ambiente hospitalar, e o período de internação é relativamente curto.

Normalmente, a recuperação dos pacientes é completamente estabelecida em torno de 4 a 8 semanas, dependendo do caso.

Fonte: http://odontologika.uol.com.br/cirurgiaoral.htm

"Para ter uma boa saúde geral, visite seu Médico Dentista regularmente"

Autoria e outros dados (tags, etc)

Biocibernética Bucal

Domingo, 25.04.10

A Biocibernética Bucal é uma técnica odontológica, que se dispõe a auxiliar ou mesmo a tratar problemas de saúde através do redimensionamento bucal. Ela encara o paciente odontológico como um todo, de uma maneira holística, sem esquecer que cada dente carrega informações de toda a vida do indivíduo.

 

 

Através de experimentos clínicos, pôde-se comprovar a relação da boca e dos dentes com o resto dos órgãos e tecidos do corpo humano.

 

É possível detectar aspectos psicológicos através do exame bucal com ênfase na Biocibernética, ou seja, consegue-se saber como a pessoa foi educada e qual seu molde cultural simplesmente examinando sua arcada dentária.

 

Na ilustração, pode-se observar uma relação entre cada dente e a personalidade, e o comportamento masculino e feminino nos ambientes sociais e afetivos. Inversões nas curvas de Spee e Wilson podem representar sérias alterações psiquiátricas. Os grupos de quatro dentes são divididos em quadrantes, em que o lado esquerdo corresponde ao relacionamento afetivo, e o direito, ao relacionamento social. Na arcada superior tem-se a correspondência com o feminino, e na inferior, com o masculino.

 

 

Incisivos centrais (superiores e inferiores) relacionam com o sistema neural. São dentes da inteligência e principalmente da personalidade.

 

 

Incisivos laterais são os dentes referentes ao relacionamento. Eles também têm relação com o sistema neural, porém em menor intensidade, e com manifestações semelhantes às dos incisivos centrais.

 

 

Caninos são os dentes correspondentes ao sistema circulatório; são os dentes do inconsciente, do lado animal, que todos temos. Alterações neles denotam modificações quanto às reações de ataque e defesa, amor e ódio.

 

 

Primeiros pré-molares correspodem ao sistema excretor (rins e intestinos), e relacionam-se ao contexto emocional, à segurança.

 

 

Segundos pré-molares correspondem ao sistema respiratório (pulmões até vias aéreas inferiores e superiores, e relacionam-se a liberdade). Sintomas relacionados aos primeiros pré-molares confundem-se com os dos segundos pré-molares, porque a representação destes no contexto psicológico está voltada para a liberdade e o outro para a segurança; ninguém tem segurança quando perde a liberdade.

 

 

Primeiros molares correspondem ao sistema digestivo, e relacionam-se à auto-suficiência. Este dente é o que mais costuma ter cáries e o que mais as pessoas perdem durante a vida, pois ser auto-suficiente é, sem dúvida alguma, um dos principais motivos de tensão do ser humano.

 

 

Segundos molares são dentes muito importantes, pois correspondem ao processo hormonal (glândulas endócrinas e seu hormônios).

 

 

Terceiros molares (conhecido como o dente do “juízo”) nascem por volta dos 20 ou 21 anos e correspondem ao sistema linfático.

 

 

É possível mudar aspectos psicológicos e sistêmicos, mudando o posicionamento dos dentes. Ortodontistas experientes comentam que seus pacientes melhoraram na escola ou mesmo ficaram mais calmos. Na verdade, todo tratamento ortopédico ou ortodôntico interfere no comportamento do indivíduo. Mudar os dentes não significa mudar a maneira de pensar das pessoas, e enquanto não se trabalhar tudo ao mesmo tempo teremos recidivas eternas. Na parte sistêmica o mais impressionante são os resultados na área respiratória, onde se tem conseguido reverter inúmeros problemas de saúde como: adenóides, rinites, amigdalites, epilepsia, bronquite, dentre outros problemas tratados somente através da boca, e usando-se apenas acompanhamento médico nos casos mais graves.

 

 

Para tratamento da boca, em que a deformação da arcada está interferindo na postura, recomenda-se aos pacientes técnicas de massagem como: RPG, Do-In, Shiatsu, Holfing, dentre outras para auxiliar o tratamento.

 

Referência: Livro Biocibernética Bucal

"Para ter uma boa saúde geral, visite seu Médico Dentista regularmente"

Autoria e outros dados (tags, etc)

Registre-se na 1000expert




Flag Counter