Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Veja o vídeo e Registre-se na 1000EXPERT



calendário

Março 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031


Pesquisar

 



Links

Ministério da Saúde

Medicina Dentária no Moçambique

Blogs do Moçambique






curiosidades-escova de dentes

Terça-feira, 04.01.11

 Escova de dentes

A escova mais antiga de que se tem notícia foi encontrada numa tumba egípcia de 3 mil anos a.C. Era um pequeno ramo com ponta desfiada até chegar às fibras, que eram esfregadas contra os dentes.

 

 A primeira escova de cerdas, parecida com a que conhecemos, surgiu na China, no fim do século XV, em 1498. Feita de pêlo de corpo, as cerdas eram amarradas em varinhas de bambu ou pedaços de ossos. Muito tempo depois, percebeu-se que as escovas de pêlos de animais juntavam umidade, prejudicial à higiene da boca, por causar mofo. Além disso, as extremidades pontiagudas das cerdas feriam as gengivas. 

 

A escova de dentes primeiro produzido em massa foi feita por William Addis de Clerkenwald, na Inglaterra, por volta de 1780.

 A primeira patente americana para uma escova de dentes foi HN Wadsworth, (patente número 18.653), em 7 de novembro de 1857.

 A produção em massa de escovas de dente começou na América, por volta de 1885. 

 

Javali cerdas foram utilizados até 1938, quando as cerdas de nylon foram introduzidas pela Dupont de Nemours. A escova de nylon primeiro foi chamado Milagre Doutor West escova. Mais tarde, os americanos foram influenciados pelos hábitos de higiene disciplinado de soldados da Segunda Guerra Mundial. Tornaram-se cada vez mais preocupados com a prática da boa higiene bucal e adotaram rapidamente a escova de nylon.

 

O problema seria resolvido com o surgimento da escova de dentes com cerdas de náilon, em 1938, nos Estados Unidos.

 

A escova de dente elétrica tinha design suíço, mas foi desenvolvida nos Estados Unidos, em 1961, pela empresa Squibb. O nome da escova era Broxodent. 

 

Fonte: odontotrab.com

"Para ter uma boa saúde geral, visite seu Médico Dentista regularmente"

Autoria e outros dados (tags, etc)

Creme dental caseiro I

Quinta-feira, 29.04.10

Ao Fazer você mesmo a sua própria pasta de dentes, para além de estar a economiza algum dinheiro e de saber o que está a consumir.

Ingredientes:

» 1 Copo de Bicarbonato de Sódio

» 3 Colheres de chá de glicerina

» 1/3 Copo de sal

» O seu sabor favorito (menta/hortelã, canela, etc.)

Como Fazer:

Misture o Bicarbonato com o Sal. Adicione a Glicerina e mexa energicamente. Adicione o seu sabor favorito. Pode ir experimentando as quantidades até ficar ao seu gosto.

Truques e Dicas:

Quanto mais glicerina puser mais pastosa ficará a pasta.

Se pretende um sabor forte: triture algumas folhas de hortelã até estas ficarem em pasta e adicione à pasta de dentes.

Deixe as crianças ajuda-lo na produção da pasta de dentes. Para além de educativo irá ser para eles divertido e curioso utilizarem a pasta de dentes que eles próprios fizeram.

"Para ter uma boa saúde geral, visite seu Médico Dentista regularmente"

Autoria e outros dados (tags, etc)

Creme dental caseiro II

Quinta-feira, 29.04.10

Os produtos comerciais danificam o equilíbrio adequado dos sucos digestivos e irritam o interior da boca…podem mesmo afectar o funcionamento do sistema digestivo, de algumas pessoas por isso segue uma sugestão para a higiene bucal.

Pasta de dentes de hortelã-pimenta

Junta-se uma colher de sopa de bicarbonato de sódio, carvão ou raiz de morangueiro em pó e duas gotas de óleo essencial de hortelã-pimenta. Adicionam-se umas gotas de água, até formar uma pasta. Mexe-se bem e está pronta a usar.

Lavar a boca com hortelã e rosmaninho

Ambas as plantas adoçam o hálito e o segundo é  um anti-séptico natural . Para grandes quantidades, põe-se também 1 colher de sopa de tintura de mirra, pelas suas propriedades conservantes.

Ingredientes:

5,2 dl de água mineral ou destilada
1 colher de sopa de folhas frescas de hortelã
1 colher de sopa de folhas de rosmaninho
1 colher de chá de sementes de anis

Preparação:

1 Põe-se a água a ferver e faz-se uma infusão com a hortelã, o rosmaninho e as sementes de anis, durante 20 minutos.

2 Depois de arrefecer, côa-se e utiliza-se para gargarejar.

"Para ter uma boa saúde geral, visite seu Médico Dentista regularmente"

Autoria e outros dados (tags, etc)

Registre-se na 1000expert




Flag Counter