Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



Veja o vídeo e Registre-se na 1000EXPERT



calendário

Março 2017

D S T Q Q S S
1234
567891011
12131415161718
19202122232425
262728293031


Pesquisar

 



Links

Ministério da Saúde

Medicina Dentária no Moçambique

Blogs do Moçambique


subscrever feeds





Cuidados com o futuro bebê começa pelos pais

Sexta-feira, 11.11.11

Durante muito tempo, o atendimento e a assistência odontológica curativa e preventiva para as crianças, iniciava-se aos 3 anos de idade. Segundo estudos mais recentes, a primeira visita ao dentista deveria acontecer por volta dos 12 meses de idade. Várias pesquisas realizadas demonstraram que, já no primeiro ano de vida do bebê, existe a presença de hábitos inadequados como, por exemplo, a ausência de procedimentos de higiene bucal (68,66%) e amamentação noturna, no peito e/ou mamadeira (86,57%). Vários estudos comprovaram que quase 6% dos bebês possuíam uma alta freqüência no consumo de açúcar; 33% foram contaminados pelas mães através da saliva e cerca de 13% apresentam lesões cariosas já no primeiro ano de vida. Assim fica ainda mais reforçada a questão da prevenção da saúde bucal. O sucesso em obter crianças livres de cárie, é evidência da implementação precoce da prática preventiva e que a cárie tipo mamadeira é um exemplo de um inadequado programa de saúde bucal.

 

A prevenção da doença cárie em bebês inicia-se com a educação dos pais. Como os pais usualmente não têm acesso às informações para orientá-los em relação à saúde bucal de seus filhos, exceto através da conversa com dentistas, a saúde bucal das crianças está na relação direta do grau de informação dos pais. Outros, no entanto, não têm consciência da necessidade dos cuidados precoces dos dentes, sendo observado que a maioria das crianças sequer foram examinadas por dentistas a menos que tenham alcançado a idade escolar, quando o exame dentário é realizado.  A visita precoce além de estabelecer uma relação amigável com a introdução dos cuidados para a saúde bucal para criança e pais, estabelece decisões críticas e fundamentais com respeito a padrões de amamentação, suplementação de flúor e programa de higiene bucal.

"Para ter uma boa saúde geral, visite seu Médico Dentista regularmente"

Autoria e outros dados (tags, etc)

Dieta do bebê

Sexta-feira, 23.04.10

 

Cuidados na hora de escolher os alimentos sólidos que vão entrar na dieta do bebê. Além de pensar nos nutrientes de cada refeição, deve-se também selecionar a consistência dos alimentos oferecidos.  Isso porque, especialmente durante a primeira infância, o processo de mastigação está ligado ao processo da fala.

 

De acordo com a fonoaudióloga Zelita Caldeira Ferreira Guedes, do Departamento de Fonoaudiologia da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo), é importante que os alimentos líquidos, pastosos e sólidos sejam introduzidos na alimentação da garotada levando em conta a sua fase de crescimento.

 

“Cada uma das etapas tem uma função na formação da estrutura física que, mais tarde, será utilizada também para a fala.”

 

Confira as dicas da especialista:

 


1. A mastigação das papinhas funciona como uma espécie de exercício para a língua e para a musculatura da face, que está se desenvolvendo ainda.

 


2. A mastigação dos alimentos um pouco mais duros vai auxiliar no rompimento da gengiva para o aparecimento dos dentes de leite.  Por isso mesmo, é de extrema importância que os pais não ofereçam apenas alimentos pastosos, evitando prejudicar ou retardar o processo da dentição.

 


3. Combine alimentos de consistências diferentes para permitir o fortalecimento da estrutura da mastigação de seu filho. Variedade é a palavra de ordem: ofereça pratos saborosos, nutritivos e que contenham também alimentos de texturas  variadas.

 

 

Siga as recomendações do pediatra da criança sobre a melhor forma de introduzir novos alimentos no cardápio e sempre o consulte para maiores orientações.

 

Fonte: Nestlé

"Para ter uma boa saúde geral, visite seu Médico Dentista regularmente"

Autoria e outros dados (tags, etc)

Higienização da boca e dentes dos bebês

Sexta-feira, 23.04.10

HIGIENIZAÇÃO DA BOCA DO BEBÊ
Desde o nascimento, devemos nos preocupar com a delicada boca do bebe, iniciando com uma limpeza suave com gaze e água filtrada, apenas uma vez ao dia, para preservar os anticorpos trazidos pelo leite materno. Após o aparecimento dos primeiros dentes de leite, aumentaremos esta freqüência para 2 ou 3 vezes ao dia, sendo a última à noite. Neste período inicia-se o desmame noturno já que o leite materno também apresenta açúcares que proporcionam a cárie.

HIGIENIZAÇÃO DOS DENTES DO BEBÊ
Quando o bebe já apresentar mais de 5 dentes na boca utilizaremos a escova dental infantil e um gel dental infantil 2 a 3 vezes ao dia, também senda a última escovação antes de deitar. Esta escovação deve ser executada de maneira suave e sem pressa, utilizando uma quantidade de gel dental bem reduzida (um grão de arroz) e uma fralda para remover a espuma formada. A rejeição para o contato com a boca é normal para idade, então não vale dizer que não escova, pois o bebe chora!!. A primeira consulta com a odontopediatra deve acontecer assim que os primeiros dentes de leite começarem a despontar.
 

"Para ter uma boa saúde geral, visite seu Médico Dentista regularmente"

Autoria e outros dados (tags, etc)

Registre-se na 1000expert




Flag Counter