Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]



_______________________________________________________________________

"A sua Saúde Bucal está integralmente ligada com a sua Saúde Geral"

_______________________________________________________________________

 

Equipa OdontoGeral


Protocolo clínico para Pulpotomia

por Equipa OG, em 21.11.11


A Pulpotomia consiste na técnica em que se remove a polpa coronária, quando a lesão não chega a atingir a polpa radicular. É necessário que para ter um bom prognóstico, a polpa no exame clínico-visual de consistência e sangramento pulpares sejam positivo, um exemplo, é que o sangue deve ser de cor "vermelho vivo", pois o escurecimento do sangue significa falta de oxigênio e sague muito claro, amarelado, é também desfavorável. O remanescente pulpar, por sua vez, deve está consistente (deve resistir a ação da cureta), ou ter um aspecto pastoso/liquefeito. A coroa dentária deve está "quase" íntegra ou com paredes espessas e resistentes (caso contrário, seria idicado outro tratamento, como por exemplo uma prótese fixa).
Um exemplo de pulpotomia é indicado, é um traumatismo com exposição pulpar, ou ainda uma exposição pulpar durante a remoção do tecido cariado. Esta polpa, nesse caso, já se encontra agredida por bactérias, podendo apresentar um processo degenerativo.


Protocolo Clínico:

1. Anestesia;
2. Isolamento absoluto;
3. Remoção da dentina cariada;
4. Remoção do teto da camâra pulpar;
5. Excisão da polpa coronária com curetas afiadas ou broca esférica lisa. Cortar a 0,5 mm abaixo da entrada dos canal(is) radicular(es);
6. Lavagem abundante da ferida cirurgica (água destilada, soro fisiológico ou detergente específico);
7. Hemostasia espontânia e secagem da cavidade com bolinha de algodão estéril.
8. Aplicação da solução de corticosteróide-antibiótico por 10 a 15 minutos.
9. Aplicação do hidróxido de cálcio puro pró-analise (ele deve estar em contato com a polpa para agir) e cimento para combrir o hidróxido de cálcio ou aplicação de uma camada de MTA;
10. Remoção do excesso de material das paredes laterais.
11. Colocação da restauração provisória ou imediata.

OBS 1.: A solução irrigada deve ser fisiológica ou neutra (soro, água destilada, detergente específico), hipoclorito e anestésicos são contra indicados.

OBS 2.: Para maior sucesso indica-se sessão dupla, com a colocação de corticosteróide-antibiótico sobre a polpa por 2 a 7 dias, porém é necessário uma ótima restauração provisória para que não haja infiltração.

"Para ter uma boa saúde geral, visite seu Médico Dentista regularmente"

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 02:01



___________________________________________


___________________________________________

English French German Spain Italian Dutch
Russian Portuguese Japanese Korean Arabic Chinese Simplified
By OdontoGeral

___________________________________________



___________________________________________

Widget do Tempo
ScreenSaver Forecast by yr.no

free counters

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner




Pesquisar

  Pesquisar no Blog



Links

Ministério da Saúde

Medicina Dentária no Moçambique

Blogs do Moçambique