Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Veja o vídeo e Registre-se na 1000EXPERT



calendário

Maio 2010

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031


Pesquisar

 



Links

Ministério da Saúde

Medicina Dentária no Moçambique

Blogs do Moçambique


subscrever feeds





Segundo estudo, deixar de escovar dentes 2 vezes por dia aumenta risco de doenças cardíacas

Sexta-feira, 28.05.10


BBC Brasil | 28/05/2010 09:44

 

Pessoas que não escovam os dentes ao menos duas vezes por dia aumentam em 70% as chances de ter doenças cardíacas, de acordo com um estudo da University College London, publicado na última edição da revista especializada British Medical Journal.

O estudo feito nos últimos oito anos com mais de 11 mil adultos da Escócia confirmou pesquisas anteriores que associavam doenças na gengiva a problemas cardíacos.

Já se sabia que inflamações na boca e nas gengivas têm um papel importante no entupimento de artérias, um dos fatores que levam a doenças cardíacas. No entanto, esta foi a primeira vez que se confirmou que a frequência da escovação tem influência no risco de doenças cardíacas. Os participantes do estudo deram informações sobre seus hábitos de higiene oral, bem como se fumavam, .......

......CONTINUE LENDO, NO LINK ABAIXO.

http://odontogeral-mz.webnode.pt/news/escovar%20os%20dentes%20pode%20ajudar%20a%20prevenir%20doen%C3%A7as%20cardiacas/

"Para ter uma boa saúde geral, visite seu Médico Dentista regularmente"

Autoria e outros dados (tags, etc)

Cirurgia Oral (Siso Incluso)

Sexta-feira, 07.05.10
 

Todo dente antes de nascer (erupcionar) está incluso. Siso incluso é a denominação que recebe o terceiro molar incluso. O problema é quando o dente permanece incluso, e isto pode ocorrer por diversos motivos como por exemplo: obstáculos mecânicos, patologias, má posição do dente, falta de espaço na arcada, e doenças sistêmicas.

 

Exemplos de sisos inclusos

EXEMPLOS DE SISOS INCLUSOS
 
Os sisos são os dentes mais comuns de permanecerem inclusos. Isto porque eles são os últimos dentes a nascer, e muitas vezes não há mais espaço para eles. No entanto, qualquer dente pode ter sua erupção (“nascimento”) afetada, sendo que o canino superior ocupa o segundo lugar no ranking dos dentes mais afetados por este problema, perdendo apenas para os terceiros molares. Alguns dentes inclusos que possam ser úteis na boca, podem ser tracionados por um ortodontista para sua posição correta. Para isso, o dente precisa ser exposto para que nele se adapte uma peça própria para tracionamento.
 
Tracionamento ortodôntico de um canino incluso
TRACIONAMENTO ORTODÔNTICO
DE UM CANINO INCLUSO
 
Outra situação que pode ocorrer é o organismo fabricar dentes extras, os quais são chamados de supranumerários ou extra-numerários. Esses dentes muitas vezes não terão espaço para erupcionar sendo necessária a sua remoção. Mesmo no caso desses dentes possuírem espaço para erupção, é comum que eles sejam removidos para que não prejudiquem outros dentes.
 
Paciente com supranumerários
PACIENTE COM SUPRANUMERÁRIOS
(cortesia do Dr. Paulo Rodrigues)
 
O melhor momento para a extração de sisos inclusos é por volta dos 17 anos. Nesta idade o dente ainda não completou toda a formação de sua raiz, o paciente é capaz de cooperar com o dentista, o osso que envolve o dente é mais elástico do que em adultos, e a recuperação é melhor do que em pacientes mais velhos.
 
Raízes em formação
Raízes formadas

RAÍZES EM FORMAÇÃO

RAÍZES FORMADAS
 
O procedimento cirúrgico para a remoção de um dente incluso consiste na localização do dente, remoção dos obstáculos que impeçam sua saída, e remoção do dente. Muitas vezes é preciso cortar o dente para que ele possa sair sem prejudicar muito as estruturas vizinhas.
 
Seqüência cirúrgica
SEQÜÊNCIA CIRÚRGICA
 
O pós-operatório da cirurgia é em geral tranqüilo desde que o paciente siga as orientações do dentista. Para maiores detalhes do pós-operatório veja a secção de Instruções pós-operatórias.
 
Os problemas que os dentes inclusos podem causar se não forem removidos são muitos:
 
  • Destruição dos dentes vizinhos
  • Formação de cistos ou tumores
  • Cárie
  • Doença periodontal
  • Infecções severas
  • Apinhamento dos dentes
  • Dor
  • Interferência na adaptação de próteses
 
Destruição do dente vizinho
Cistos e tumores
DESTRUIÇÃO
CISTOS E TUMORES
DO DENTE VIZINHO
Infecção
Apinhamento
INFECÇÃO
APINHAMENTO
 

Em alguns casos a cirurgia não está indicada:

  • Pacientes mais velhos. Geralmente pacientes com mais de 35 anos nos quais o dente incluso não causa nenhum desconforto e não há sinais ou sintomas de patologia .
  • Pacientes debilitados que não suportem o procedimento cirúrgico.
  • Quando os riscos da cirurgia superam seus benefícios.

A extração de dentes inclusos é diferente da extração de dentes que erupcionaram normalmente. Algumas considerações devem ser entendidas:

  • A cicatrização varia de paciente para paciente.
  • Edema (inchaço) é muito comum após a cirurgia.
  • Hematomas podem ocorrer na região operada.
  • Alguma rigidez nos músculos da mastigação é esperada nos primeiros dias.
  • Outros dentes podem ficar temporariamente sensíveis.
  • Pode haver pequena dor de ouvido.
  • Pode haver dor de garganta.
  • Os cantos da boca podem ficar ressecados e feridos.
  • Ficará um espaço de onde o dente foi removido, o qual é progressivamente obliterado.
  • Dormência e formigamento podem ocorrer nos lábios, língua, queixo, bochechas, gengiva, e/ou dentes. Isto pode persistir por dias, semanas, meses, e em raras circunstâncias pode ser permanente.
  • Se optar pelo uso de técnicas de sedação o paciente só poderá deixar o consultório acompanhado por um adulto responsável.
  • Antibióticos podem interferir com medicamentos anti-concepcionais.

http://cirurgiamaxilofacial.com/1024/index_02_frames.htm

"Para ter uma boa saúde geral, visite seu Médico Dentista regularmente"

Autoria e outros dados (tags, etc)

Cirurgia Oral (Ortognatica)

Sexta-feira, 07.05.10
Cirurgia Ortognática: correção de um caso de prognatismo mandibular. Cabe ao cirurgião planejar e executar as modificações das bases ósseas. O tratamento poderá ser finalizado pelo ortodontista.


 

A Cirurgia Ortognática é a sub-especialidade da cirurgia bucomaxilofacial que reune um grupo de procedimetos cirúrgicos que tem como objetivo principal a correção de deformidades dento-faciais, resultantes de algum tipo de falha no posicionamento sastisfatório das arcadas dentárias e ossos da face em relação à base do crânio interferindo na aparência estética dos pacientes e comprometendo muitas vezes o funcionamento correto dos maxilares.
As deformidades dento-faciais apresentam-se em dois tipos de classes principais, descritas na literatura científica, são elas:

Micrognatismo: A mandíbula (parte inferior) é muito pequena em relação a maxila (parte superior), este tipo de transtorno facial está na maioria das vezes relacionado com ronco noturno. Esta deformidade é conhecida como Classe II, de Angle.

Prognatismo: A mandíbula é maior do que a maxila. Esta deformidade é conhecida como Classe III, de Angle.
Excessos ou deficiências horizontais de maxila A maxila tem excesso ou redução no comprimento e/ou na largura, isto é, está fora do padrão no plano horizontal, podendo estar muito para frente ou para trás e ser muito larga ou muito estreita; ou conter duas dessas discrepâncias, simultaneamente.

A avaliação destas deformidades inicia-se com a observação cuidadosa da face. Em seguida de uma série de exames de imagem (fotografias, slydes, radiografias e tomografias) complementam o exame clínico trazendo dados pertinentes a estrutura óssea, além de documentar o caso para acompanhamentos posteriores. Programas de computador analisam as radiograifas e auxiliam a observação e medida entre pontos do crânio e da face indicando suas relações, são chamadas: cefalometrias computadorizadas.

A Cirurgia Ortognática é realizada em ambiente hospitalar, e o período de internação é relativamente curto.

Normalmente, a recuperação dos pacientes é completamente estabelecida em torno de 4 a 8 semanas, dependendo do caso.

Fonte: http://odontologika.uol.com.br/cirurgiaoral.htm

"Para ter uma boa saúde geral, visite seu Médico Dentista regularmente"

Autoria e outros dados (tags, etc)

Registre-se na 1000expert




Flag Counter




Pág. 1/2